Arquivo para outubro, 2011

Câncer de Lula tem nível médio de agressividade

Resultado da biópsia divulgado hoje mostra que o tumor na laringe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem “nível de agressividade médio”, ou seja, está numa fase intermediária. Lula começou hoje a primeira sessão de quimioterapia. Os primeiros resultados do tratamento, realizado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, poderão ser notados em 40 dias. As sessões de radioterapia começarão em dois meses e devem durar sete semanas.

Umas das causas importantes para o câncer na laringe é o fumo. Lula é ex-fumante e tinha o hábito de fumar cigarrilhas –parou de consumir cigarros há dois anos. Mas também existem causas virais e não é possível ainda dizer o que levou ao desenvolvimento do tumor do ex-presidente, que comemorou na última quinta-feira seu aniversário de 66 anos no instituto que leva seu nome.

Após o diagnóstico de câncer, Lula suspendeu sua agenda de compromissos pelos próximos três meses. A expectativa é que a cura da doença ocorra após um tratamento com duração de quatro meses. Por conta dos efeitos colaterais do tratamento, Lula perderá o cabelo e também sua característica barba, que cultiva desde jovem.


Igreja recebe pedido de beatificação de princesa Isabel

A arquidiocese do Rio de Janeiro recebeu um pedido formal de abertura do processo de bem-aventurança e beatificação da princesa Isabel junto ao Vaticano. A justificativa maior para a canonização é a assinatura da Lei Áurea, de 1888, que aboliu a escravidão no Brasil, e as dificuldades que ela teria passado no exílio depois da Proclamação da República, em 1889.

O pedido, feito por pessoas partidárias da monarquia, foi recebido pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, que prometeu levar o caso à arquidiocese de Paris, uma vez que a princesa morreu na França, há 90 anos. Uma comissão, que será comandada pelo monge beneditino d. Robeto Lopes, dará início aos estudos e às pesquisas sobre a vida de Isabel.

Os requisitos para que o papa beatifique uma pessoa são provas de virtude em grau heróico, santidade popular ou um milagre. A igreja investigará testemunhos de pessoas que dizem ter sido curadas por orações dedicadas à filha de dom Pedro 2º antes de encaminhar o pedido de beatificação ao Vaticano.


Aldo Rebelo é novo ministro do Esporte

O deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP) confirmou hoje que assumirá o Ministério do Esporte no lugar de Orlando Silva. A posse foi marcada para segunda-feira. Ele esteve hoje no Palácio do Alvorada em reunião com a presidente Dilma Rousseff. “Eu agradeci a confiança [por ter sido chamado para a pasta], disse que aceitava como um desafio e procuraria me desincumbir da tarefa da melhor forma possível”, disse o deputado.

Aldo Rebelo afirmou ainda que irá tomar pé da situação a partir de agora e que mais tarde dará detalhes sobre medidas que pretende tomar à frente da pasta. O deputado não falou sobre eventuais problemas com a Fifa e disse que entrará em contato com integrantes do ministério para “começar uma fase de transição”.  

Deputado desde 1991, Aldo Rebelo cumpre o seu sexto mandato na Câmara. Nos últimos dois anos, destacou-se no debate político por ter sido relator do Código Florestal, quando foi criticada principalmente por ambientalistas. Neste ano, disputou uma vaga no TCU (Tribunal de Contas da União), com apoio da bancada ruralista, mas perdeu para a deputada Ana Arraes (PSB-PE).


Estudo revela que proteção da vacina contra a gripe é menor que se esperava

Estudo sobre as vacinas anuais contra a gripe mostrou que a sua eficácia é menor do que se esperava: oferece 59% de proteção, em vez dos 90% que se imaginava. Trata-se da vacina trivalente, usada nas campanhas de vacinação sazonal no Brasil. Entretanto, concluiu os pesquisadores da Universidade de Minnesota, Estados Unidos, “59% é bem melhor do que zero.”

A revisão do estudo foi publicada hoje na revista médica “Lancet Infectious Diseases”. A equipe de estudiosos foi atrás de ensaios clínicos de vacinas contra a gripe desde janeiro de 1967 até fevereiro de 2011. O objetivo era mostrar se havia uma relação direta entre a vacinação e a proteção contra o vírus da gripe. E para provar isso foram usados testes clínicos sem margens de dúvidas.

De acordo com o estudo, embora a vacina funcione e ainda deva ser recomendada, há dúvidas sobre sua eficácia, especialmente em relação aos maiores de 65 anos. No Brasil, as campanhas de vacinação contra gripe sazonal têm como público-alvo os maiores de 60 anos, os indígenas, as gestantes, os profissionais de saúde e as crianças com idade entre seis meses e dois anos.

 


Gaddafi é enterrado com o filho no deserto

O corpo do ditador líbio Muammar Gaddafi, capturado e morto no último dia 20, foi enterrado na noite de ontem. Morto após ficar 42 anos no poder na Líbia, o ex-ditador foi sepultado em uma cerimônia religiosa ao lado dos corpos de seu filho Muatassim e de seu ex-ministro da Defesa Abu Bakr Yunis Jaber, que também foram mortos após serem capturados pelas forças do CNT (Conselho Nacional de Transição).

Os corpos estavam havia cinco dias armazenados em uma câmara fria de um mercado de Misrata, no litoral do país, para a realização de autópsias. Até anteontem, a população fazia fila para observar o ditador morto, e as autoridades do CNT decidiram encerrar a exposição dos corpos por conta do seu estado de decomposição.

Gaddafi, Muatassim e Jaber foram enterrados no deserto, em local não divulgado pelo governo de transição. A decisão de realizar um sepultamento secreto contrariou o desejo da família de Gaddafi, que queria enterrá-lo nas proximidades de Sirte, sua cidade natal. Três dirigentes religiosos leais ao antigo regime oraram e organizaram uma cerimônia religiosa antes dos sepultamentos, entre eles, o clérigo pessoal de Gaddafi, Khaled Tantoush, que foi preso com ele.

As condições da morte de Gaddafi e seu filho ainda não estão totalmente esclarecidas e há suspeitas de que tenha ocorrido a execução dos dois. Por isso, Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos pediu que fossem investigadas as circunstâncias em que o ditador morreu no dia 20 de outubro. O CNT anunciou que vai instaurar um comitê para esclarecer o evento.


Humanidade está mais inteligente e menos violenta

 

Estudo publicado na revista Nature aponta que, em termos históricos, as pessoas estão cada vez mais inteligentes, e em consequência disso, menos violentas. O defensor da tese é o renomado psicólogo canadense Steven Pinker. Para ele, o aumento da inteligência é responsável pelo declínio da barbárie nos últimos séculos. Outros fatores são a alfabetização e o cosmopolitismo, que estimulam a troca de informações e a realização de acordos entre distintas sociedades.

Estudos demográficos sugerem que antes dos Estados modernos em torno de 15% dos indivíduos morriam de maneira violenta, uma proporção cinco vezes maior à registrada no século 20, apesar das guerras, genocídios e crises de fome. “Apesar de atualmente nos sentirmos constantemente rodeados pela violência, em séculos anteriores a situação era muito pior. Impérios em colapso, conquistadores maníacos e invasões tribais eram comuns”, afirma.

Para Pinker, a afirmação popular de que “o século 20 é o mais sangrento da história” é uma mera ilusão e não se apoia em dados históricos. No século 14, na Europa Ocidental, 40 em cada 100.000 pessoas morriam assassinadas, enquanto atualmente essa taxa se reduziu a 1,3 pessoa. No Brasil, há cidades com o dobro da taxa de homicídios da Europa medieval, principalmente no nordeste do país. Mas o Estado de São Paulo, por exemplo, reduziu a taxa de 35,27 em 1999 para 9,6 em 2011. A taxa nacional é de 25 homicídios por 100.000 habitantes.


Egípcio é condenado a 3 anos de prisão por insultar Islã no Facebook

O internauta Ayman Yusef Mansur foi condenado a três anos de prisão pela Justiça do Egito por insultar os preceitos do islã no Facebook. O juiz Sharif Kamel, argumentou na sentença que o acusado foi responsável por “prejudicar deliberadamente a dignidade do islã ao menosprezar a religião em sua conta pessoal do Facebook”.

Para o magistrado, Mansur “aproveitou a religião para propagar ideias extremistas com a intenção de gerar sectarismo religioso e danificar a unidade nacional”, ao utilizar “expressões desonrosas contra o Corão, o profeta Maomé e os muçulmanos”.

Em 2007, ainda sob a ditadura de Hosni Mubarak, Abdel Karim Suleiman, de 22 anos, conhecido pelo pseudônimo Karim Amer, foi condenado a quatro anos de prisão por criticar o islã e o próprio ditador. Ele foi o primeiro blogueiro egípcio a ser condenado à prisão, e foi libertado 2010.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.